Museus e Arte

A pintura "O navio dos tolos", Jerome Bosch

A pintura

O navio dos tolos é Jerome Bosch. 57,8x32,5

Na foto de um excelente pintor flamengo Jerome Bosch (por volta de 1450-1516) é mostrado um pequeno barco com várias pessoas a bordo, pode-se ver que elas representam diferentes setores da sociedade. Diversão desenfreada reinando entre eles ameaça a estabilidade do barco e pode mergulhar "tolos" na água. Todas as figuras e objetos têm um certo significado simbólico e personificam os vícios humanos: intemperança, deboche, embriaguez, gula, vaidade. Cereja (em uma bandeja) e alaúde simbolizam a devassidão, um vaso colocado em uma lança, como uma coruja, olhando calmamente para o que vem dos galhos da Árvore de Maio, é um sinal de Satanás.

Talvez a base da imagem "O navio dos tolos" jaz o enredo da obra homônima de Sebastian Brant (1494). De acordo com Devagelare, pesquisadora da obra do mestre, essa imagem é "uma sátira à licenciosidade moral do clero, permitindo que o navio da Igreja navegue sem um leme e velas, negligenciando seu dever de salvar almas - nadadores perto do barco".

Assista o vídeo: Foucault. Loucura (Outubro 2020).